7.11.16

O lado da faca

No escrutínio das coisas, seco e frio, mas à luz clara, o que temos na verdade fora todas umas muitas dores e incertezas, é bem pouco. Nos seus olhos hoje, não havia nenhuma esperança para mim e olha que você falava do futuro. Fingi que não compreendia, mas não sou _como você sabe_ um idiota. Você certamente me diria que a verdade é um bom presente, em tom condescendente. Mas para quem está no cabo da faca, de fato nunca dói. 

Comments: Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link



<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?

Archives